Espírito e corpo

                        Toda realização inicia-se no plano das idéias. É indispensável raciocinar, planejar, sonhar. Logo em seguida, porém, deve partir-se para a ação, sob pena de o esforço de planejamento de nada valer.

 

                        No processo em que sonhos tornam-se realidade por meio da ação, a disciplina e a força de vontade têm papel de destaque.

 

                        Disciplina e força de vontade são atributos do espírito. Com o desenvolvimento dos atributos do espírito nos tornamos aptos a exercitar a nossa vontade sobre o nosso corpo, o que será imprescindível para que alcancemos nossas metas.

 

                        Não é fácil lutar contra nossas más tendências, abandonar maus hábitos, acordar mais cedo, lidar com novas responsabilidades, vencer a preguiça, perdoar, persistir trabalhando em projetos de duração incerta, manter a concentração em um ambiente conturbado. Por isso, a ação que concretiza objetivos através do uso sábio do tempo envolve o exercício da força de vontade, que nada mais é do que a reafirmação constante da preponderância do espírito sobre o corpo.

 

 

                        “Um arado promete serviço, disciplina, aflição e cansaço; no entanto, não se deve esquecer de que, depois dele, chegam semeaduras e colheitas, pães no prato e celeiros guarnecidos”.

 

                        Emmanuel

                       

*

Série “Tempo e Realizações

Anúncios