Todos Podemos

“O mal de muitos aprendizes procede da idolatria a que se entregam, em derredor dos valorosos expoentes da fé viva, que aceitam no sacrifício a verdadeira fórmula de elevação; imaginam-nos em tronos de fantasia e rojam-se-lhes aos pés, sentindo-se confundidos, inaptos e miseráveis, esquecendo que o Pai concede a todos os filhos as energias necessárias à vitória”.

 Emmanuel

                   Há diversos expoentes do trabalho cristão pelos quais possuímos profunda admiração; observando sua humildade, abnegação, extraordinária disposição para o trabalho e esquecimento de si mesmos, podemos nos sentir desestimulados para a ação cristã, refletindo a respeito de quão inferior ao deles é o patamar de evolução espiritual em que nos encontramos.

                   Como esclarece Emmanuel no trecho acima citado (da obra “Pão Nosso”), Deus capacita a todos. Podemos não ser tão evoluídos, podemos não ser capazes (ainda) de seguir os ensinamentos de Cristo em todos os momentos, mas temos condições de trabalhar, mesmo precisando de muito aprendizado.

                   Esses a quem admiramos por serem exemplos de trabalho e fé não o são por terem recebido algum tipo de privilégio, mas por extraírem o melhor das condições que possuíam, por terem fé em Deus e no próprio esforço; por se importarem com o que podiam fazer, e não com os obstáculos a serem superados.

                   Se buscarmos concretizar o Bem de todos, em qualquer área em que tenhamos sido chamados a atuar, a despeito de nossas inúmeras imperfeições, na nossa condição de filhos de Deus, podemos ter certeza de que já possuímos “as energias necessárias à vitória”.

                   Tenham uma excelente e abençoada semana!

                   Euzébia

                   www.euzebianoleto.com.br

Anúncios