Preguiça espiritual

tempestade

Não há dúvidas de que os dias parecem curtos para tantas atividades que precisam ser realizadas; porém, nada justifica negligenciar o tempo que deve ser dedicado ao intercâmbio espiritual, principalmente à oração e ao estudo.

A maioria de nós encontra tempo para assistir a determinados programas de televisão, para acessar a diversos sites, para conversar longamente ao telefone. É perfeitamente possível que separemos alguns minutos por dia para nos dedicarmos exclusivamente ao estudo e à oração.

Quando iniciamos ou terminamos o nosso dia sem orar, ou quando negligenciamos nossa disciplina espiritual de alguma forma, sinalizamos que há outras coisas às quais damos mais importância do que ao contato com Deus. Quando a negligência se repete demasiadamente, somos capazes de sentir a distância que impusemos entre nós mesmos e o Criador.

E, quando menos esperamos, nos encontramos tristes e amargurados, angustiados e fracos, incapazes de fazer frente aos desafios da vida, e não compreendemos a razão de nos sentirmos assim. Nada custa acordar um pouco mais cedo ou fazer quaisquer ajustes necessários em nossa rotina para encaixar a oração. Aquele que faz da oração uma constante em sua vida não estará livre dos problemas do caminho, mas com certeza sentir-se-á fortalecido por intermédio da prece sincera.

Priorizar o que realmente importa é uma questão de escolha, uma escolha que depende apenas de nós e que faz toda a diferença entre uma vida de aflição e uma vida de paz.

Muita paz e até breve!

Euzébia Noleto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s