Elimine o que não serve

Fonte da imagem: Wikimedia Commons (imagem no domínio público)Quando somos aconselhados a eliminar tudo aquilo que não nos serve, pensamos logo em gavetas desarrumadas ou na despensa desorganizada. Embora a organização de nossas casas e locais de trabalho seja imperiosa para uma vida com qualidade, não é apenas nisso que devemos trabalhar para eliminar o desnecessário.

Se estudarmos bem nossa situação, poderemos encontrar vários pontos onde eliminar o que é inútil é uma tarefa imprescindível e inadiável.

Para nada (de bom) servem…

– intermináveis horas de uso indiscriminado do computador;
– horas e horas a fio perdidas em frente à televisão;
– alimentação exagerada e prejudicial à saúde;
– atitudes que desrespeitam as leis, ainda que “pequenas” e que “ninguém fique sabendo”;
– palavrões;
– pensamentos de inveja, rancor, ódio e vingança;
– superstições;
– lembranças de momentos menos felizes;
– curiosidade e comentários sobre a vida alheia;
– maus hábitos;
– conversações fúteis;
– preguiça e má-vontade;
– ócio etc.

Se nos lembrarmos sempre de que aquilo que não serve para o bem, automaticamente serve para o mal, saberemos analisar melhor o que deve ser eliminado de nossas vidas. A análise deve depender somente de nossa consciência, e não da opinião dos outros, que muitas vezes não nos compreenderão. Então, basta partir para o passo mais importante: a ação de eliminar o que inútil para que possamos reservar mais espaço e tempo para o que realmente gera frutos.

“Simplifique a vida antes que o carro orgânico, em sua nobre complexidade, se gaste, deixando-o imantado a objetos, paixões e pessoas que o amargurarão demoradamente. Vida simples, espírito livre.”
(Marco Prisco, no Ementário Espírita, psicografado por Divaldo Franco)

Tenham uma semana abençoada!

Muita paz e até breve,

Euzébia Noleto

Receber as atualizações deste blog por e-mailEste blog no Twitter (@alunosdeKardec)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s