O talismã divino – e votos de um maravilhoso Natal e um abençoado Ano Novo

talisma-divino-amanhecer-na-estrada-3-dsc00575

Queridos amigos,

Que bênção indescritível estar com vocês por mais um ano! Em 1º de dezembro de 2012, nosso trabalho de conversações fraternas para o nosso crescimento espiritual completou quatro anos.

Com imensa gratidão a Deus, que nos permitiu estar juntos por tanto tempo, agradeço a todos os leitores pela companhia e compreensão de sempre, informando que o blog irá entrar em recesso por algumas semanas.

Aproveito para deixar registrados meus votos de um maravilhoso Natal e um abençoado Ano Novo de muita saúde, alegria e paz para vocês e suas famílias.

Compartilho hoje com vocês uma belíssima mensagem sobre o valor do tempo e como é fundamental que o aproveitemos em atividades no Bem, construindo nossa felicidade futura.

Que o Criador continue a nos iluminar em nossa jornada evolutiva.

Até 2013, se Deus quiser!

Abraços fraternos.

O TALISMÃ DIVINO

Fonte: Portal do Espírito

Entabularam os familiares interessante palestra, acerca das faculdades sublimes de que o Mestre dava testemunho amplo, curando loucos e cegos, quando Isabel, a zelosa genitora de João e Tiago, indagou, sem preâmbulos:

– Senhor, terás contigo algum talismã de cuja virtude possamos desfrutar? Algum objeto mágico que nos possa favorecer?

Jesus pousou na matrona os olhos penetrantes e falou, risonho:

– Realmente, conheço um talismã de maravilhoso poder. Usando-lhe os milagrosos recursos, é possível iniciar a aquisição de todos os dons de Nosso Pai. Oferece a descoberta dos tesouros do amor que resplandecem ao redor de nós, sem que lhes vejamos, de pronto, a grandeza. Descortina o entendimento, onde a desarmonia castiga os corações. Abre a porta às revelações da arte e da ciência. Estende possibilidades de luminosa comunhão com as fontes divinas da vida. Convida à bênção da meditação nas coisas sagradas. Reata relações de companheiros em discordância. Descerra passagens de luz aos espíritos que se demoram nas sombras. Permite abençoadas sementeiras de alegria. Reveste-se de mil oportunidades de paz com todos. Indica vasta rede de trilhos para o trabalho salutar. Revela mil modos de enriquecer a vida que vivemos. Facilita o acesso da alma ao pensamento dos grandes mestres. Dá comunicações com os mananciais celestes da intuição.

– Que mais? – disse o Senhor, imprimindo ênfase à pergunta. E após sorrir, complacente, continuou:

– Sem esse divino talismã, é impossível começar qualquer obra de luz e paz na Terra. Os olhos dos ouvintes permutavam expressões de assombro, quando a esposa de Zebedeu inquiriu, espantada:

– Mestre, onde poderemos adquirir semelhante bênção? Dize-nos. Precisamos desse acumulador de felicidade.

O Cristo, então, acrescentou, bem-humorado:

– Esse bendito talismã, Isabel, é propriedade comum a todos. É “a hora que estamos atravessando”… Cada minuto de nossa alma permanece revestido de prodigioso poder oculto, quando sabemos usá-lo no Infinito Bem, porque toda grandeza e toda decadência, toda vitória e toda ruína são iniciadas com a colaboração do dia.

E diante da perplexidade de todos, rematou:

– O tempo é o divino talismã que devemos aproveitar.

Neio Lúcio
Da obra “Jesus no Lar”. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Editora FEB.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s