Alerta amigo

alerta-amigo-lago-garca-dsc07055

Prezados amigos, boa tarde!

Neste belo domingo, compartilho com vocês o alerta feito por Joanna de Ângelis a respeito de muito discurso e pouco trabalho, destinado a todos os espíritas.

Que Deus nos ilumine e guarde, e que possamos todos ter uma abençoada e produtiva semana.

Paz e luz a todos.

Abraços fraternos.

ESCUSAS

Joanna de Ângelis. Psicografia de Divaldo Franco.

Do site “Divaldo Franco.com“.

Há muito cristão-espírita fascinado pelos conteúdos intelectuais do Espiritismo, permanecendo nos seus confortáveis gabinetes e bibliotecas, pesquisando e escrevendo para os outros, propondo diretrizes e seguros roteiros de trabalho, de caridade…

Suas mãos, porém, permanecem vazias de feitos.

As belas teorias necessitam de ser vivenciadas por aqueles que as formulam, a fim de merecerem consideração e apoio dos que lhes tomam conhecimento.

A vinha do mestre ainda se encontra na face desafiadora da erradicação das plantas inúteis e más, a fim de ser preparado o solo para a ensementação do amor através do esforço hercúleo dos desbravadores do terreno.

Tudo quanto Jesus falou, Ele o praticou.

A Sua não é uma mensagem apenas de palavras, pois que todas elas estão respaldadas pelo Seu exemplo de abnegação e de entrega total.

A Sabedoria Máxima que o mundo conhece jamais se escusou ante as tarefas humildes, até humilhantes, que Ele transformou em vivência dignificadora como jamais alguém o conseguiria…

Lavar os pés dos Seus discípulos representou a sublime demonstração do que se fez servo de todos, sendo, no entanto, o Excelso Senhor do planeta terrestre.

Se te sentes cansado ante o impacto dos acontecimentos perversos e afligentes, recorda que com Ele tudo se torna fardo leve, de fácil condução.

Se perdeste o encantamento em relação aos companheiros com os quais convives, retempera o ânimo na fraternidade e reestimula-te, doando-te um pouco mais.

Na escusa em que ocultas os motivos reais do paulatino abandono dos teus compromissos, aguardas o tempo para te eximires por completo de tudo, negando a tua cooperação.

As ilusões de hoje e os comportamentos estranhos também passam, surgindo o despertar da consciência, em seu lugar, quando a situação tornar-se perigosa, agravada pela tua distância dEle.

O que fazes é bom e útil.

Defende o teu direito de prosseguir realizando-o da mesma forma que resguardas os valores para a existência cômoda.

Não te preocupes com os julgamentos que venham a fazer sobre ti, mantendo-te fiel ao Seu suave jugo.

Refaze o caminho e deixa-te de escusas, voltando ao trabalho enquanto é dia de luz.

O que faças, a conduta que te permitas, tornar-te-á amigo devotado ou distraído dAquele que deu a própria existência por amor a ti.

* * *

O Espiritismo é o teu salvo-conduto para uso correto na atual conjuntura reencarnacionista.

Tu que o conheces, que o ensinas, pratica-o até o sacrifício, recordando a recomendação de Jesus, a respeito da fidelidade ao Amor até o fim…

Amigo do Bem, não deixes que o vazio existencial que te atormenta seja preenchido pelo egoísmo e pelas ambições terrestres de breve curso.

Informativo Divulgação Espírita – Fevereiro 2013 – nº. 50

[Prezados leitores, mesmo quem já recebia nosso informativo por e-mail precisa efetuar novo cadastro, caso tenha interesse em continuar recebendo. As razões explico aqui. Obrigada pela compreensão.]

Para cadastrar-se e receber os informativos mensalmente em seu e-mail, clique aqui »

Para ler os informativos anteriores, clique aqui »

ESPIRITUALIDADE NO COTIDIANO

nº. 50 – Fevereiro 2013

Boletim informativo destinado aos leitores registrados no site www.euzebianoleto.com.br – Divulgação Espírita

Endereço alternativo: http://euzebia.wordpress.com

Estudos Doutrinários Doutrina Espírita CristãCulto Cristão no LarAs Obras Básicas

“Obterás o que pedes.
Não olvides, contudo, que a vida nos responde aos requerimentos, conforme a nossa conduta na petição.
Sedento, se buscas a água do poço, vasculhando-lhe o fundo, recolherás tão-somente nauseante caldo do lodo.”

Emmanuel

***

“Quem foge à oportunidade de ser útil engana a si mesmo.
(…)
O sacrifício representa o preço da alegria real.”

André Luiz

***

“És filho de Deus, cujo amor inunda o universo e se encontra presente nas fibras mais íntimas do teu ser.

Por isso, nada te deve atemorizar ou afligir demasiadamente.”

Joanna de Ângelis

Queridos amigos,

Reflitamos, hoje, sobre a maneira como temos conduzido nossas vidas. Temos meditado a respeito de nossa conduta e nossos objetivos, ou vivemos em uma espécie de automatismo, apenas satisfazendo necessidades e realizando afazeres que mostrem imediatos?

A valiosíssima oportunidade de viver a experiência terrestre requer intenso cuidado de nossa parte, para com o nosso corpo e espírito, a fim de que possamos aproveitar ao máximo o ensejo de resgate e aprendizado. É a respeito desse zelo que nos ensina Emmanuel, na mensagem que vemos a seguir:

ZELO PRÓPRIO

“Olhai por vós mesmos, para que não percais o vosso trabalho, mas antes recebais o inteiro galardão.” – (2ª Epístola a JOÃO, 8.)

A natureza física, não obstante a deficiência de suas expressões em face da grandeza espiritual da vida, fornece vasto repositório de lições, alusivas ao zelo próprio.

A fim de que o Espírito receba o sagrado ensejo de aprender na Terra, receberá um corpo equivalente a verdadeiro santuário, Os órgãos e os sentidos são as suas potências; mas, semelhante tabernáculo não se ergueria sem as dedicações maternas e, quando a criatura toma conta de si, gastará grande percentagem de tempo na limpeza, conservação e defesa do templo de carne em que se manifesta. Precisará cuidar da epiderme, da boca, dos olhos, das mãos, dos ouvidos.

Que acontecerá se algum departamento do corpo for esquecido? Excrescências e sujidades trarão veneno à vida.

Se o quadro fisiológico, passageiro e mortal, exige tudo isso, que não requer de nossa dedicação o Espírito com os seus valores eternos?

Se já recebeste alguma luz, desvela-te em não perdê-la.

Intensifica-a em ti.

Lava os teus pensamentos em esforço diário, nas fontes do Cristo; corrige os teus sentimentos, renova as aspirações colocando-as na direção de Mais Alto.

Não te cristalizes.

Movimenta-te no trabalho do zelo próprio, pois há “micróbios intangíveis” que podem atacar a alma e paralisá-la durante séculos.

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “Reflexões Espíritas“.

O alerta de Emmanuel, sobre os cuidados imprescindíveis com o corpo e o Espírito, mostra-se absolutamente oportuno, para que não percamos a chance de repensar os valores que buscamos e corrigir nossa visão sempre que necessário, evitando desvios altamente indesejados no caminho.

Assim, busquemos viver refletidamente, analisando sempre em que áreas precisamos melhorar, com muito amor ao serviço, ao estudo e à oração.

Desejando que esta conversa fraterna possa nos inclinar à reflexão e ao aperfeiçoamento, e agradecendo a Deus por mais esta oportunidade de crescermos juntos, deixo meus votos de paz, saúde e luz a todos vocês e suas famílias.

Abraços fraternos,

Euzébia Noleto.


Acesso rápido:

Twitter do blog | Facebook do blog | Artigo desta SemanaEstudos Doutrinários |

Vídeos | Áudio | Papéis de Parede | Fale Conosco | Blog Meditando |

***

Boletim mensal Espiritualidade no Cotidiano

Ano V – Número 50 – FEVEREIRO 2013

Espiritualidade no Cotidiano é uma publicação mensal destinada aos leitores registrados no site www.euzebianoleto.com.br.

Agradecemos sua visita ao site. Paz e luz!

Desencantado com a vida?

“Se a Divina Providência não acreditasse em tua capacidade de elevação e refazimento, já teria cassado as tuas possibilidades de serviço na Terra.”

Emmanuel formula, na seguinte mensagem, belíssimo convite à reflexão, destinado a todos aqueles que se encontram desencantados com a vida e com as atividades no Bem.

AO IRMÃO AFASTADO

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.

Do site Caminhos de Luz.

Dizes-te, por vezes, sob desalento e cansaço e que já não consegues abraçar qualquer tarefa na seara do bem.

Entretanto, no íntimo, a voz da consciência te convida a olvidar desenganos, apagar ressentimentos, varrer amarguras e renovar a própria existência.

O estranho diálogo de ti para contigo prossegue, adentro de ti mesmo e respondes que sofreste decepções, que não encontraste clima adequado à execução das tuas aspirações de ordem superior, que te desencantaste com amigos desorientados em matéria de espiritualidade, e, de outras vezes, acusas-te por erros e quedas, dos quais não te sentes com a precisa coragem de levantar.

Ainda assim, deixa que a consciência te fale ao coração e reergue-te para as atividades do bem.

Qualquer desilusão é apelo à realidade e toda vez em que nos reconhecemos em desacerto, isso é sinal de que estamos progredindo em discernimento.

Não permitas que a idéia de fracasso anule os créditos de tempo, em tuas mãos. Não abandones a certeza de que podes trabalhar e servir, auxiliar e melhorar, renovar e reconstruir.

Se o desânimo te congelou os ideais, acende a chama da esperança, no próprio coração e reinicia a cooperação, nas obras construtivas, das quais te afastaste, impensadamente. Se paraste na trilha do progresso, retoma a própria marcha, em demanda ao alvo por atingir.

Não acredites em derrota e nem te admitas incapaz de ser útil.

Esquece agravos, preterições, ressentimentos e tristezas inúteis, buscando caminho à frente.

Se a Divina Providência não acreditasse em tua capacidade de elevação e refazimento, já teria cassado as tuas possibilidades de serviço na Terra.

Pensa na vida imperecível e oferece uma nova oportunidade a ti mesmo, procurando reaprender e recomeçar.