Informativo Divulgação Espírita – Maio 2013 – nº. 53

Para cadastrar-se e receber os informativos mensalmente em seu e-mail, clique aqui »

Para ler os informativos anteriores, clique aqui »

ESPIRITUALIDADE NO COTIDIANO

nº. 53 – Maio 2013

Boletim informativo destinado aos leitores registrados no site www.euzebianoleto.com.br – Divulgação Espírita

Endereço alternativo: http://euzebia.wordpress.com

Estudos Doutrinários Doutrina Espírita CristãCulto Cristão no LarAs Obras Básicas

“Ressentimento não adianta de vez que todos somos espíritos eternos destinados a confraternizar-nos todos, algum dia, à frente da Bondade de Deus.

Desculpar ofensas e esquecê-las é livrar-se de perturbação e doença, permanecendo acima de qualquer sombra que se nos enderece na vida, razão por que, em nosso próprio benefício, advertiu-nos Jesus de que se deve perdoar qualquer falta não apenas sete vezes, mas setenta vezes sete vezes.”

Emmanuel

***

“Se você já sabe quão precioso é o valor do tempo, respeite o tempo dos outros para que as suas horas sejam respeitadas.

Quem dispõe de tempo para conversar sem necessidade, pode claramente matricular-se em qualquer escola a fim de aperfeiçoar-se em conhecimento superior.

Trabalho no tempo dissolve o peso de quaisquer preocupações, mas tempo sem trabalho cria fardos de tédio, sempre difíceis de carregar.

Um tipo comum de verdadeira infelicidade é dispor de tempo para acreditar-se infeliz.

Se você aproveitar o tempo a fim de melhorar-se, o tempo aproveitará você para realizar maravilhas.

Observe quanto serviço se pode efetuar em meia hora.

Quem diz que o tempo traz apenas desilusões, é que não tem feito outra cousa senão iludir-se.”

André Luiz

***

“Aceita os outros tais quais são.

Espera e serve.

Abençoa e ama sempre.

O errado hoje, em muitos casos, será o certo amanhã.

O julgamento é dos homens, mas a justiça é de DEUS.”

Meimei

***

“És filho de Deus, cujo amor inunda o universo e se encontra presente nas fibras mais íntimas do teu ser.

Por isso, nada te deve atemorizar ou afligir demasiadamente.”

Joanna de Ângelis

Queridos amigos,

A mensagem do informativo deste mês, de autoria de Joanna de Ângelis e psicografada por Divaldo Franco, tem como tema a  paz interior que devemos conservar, ainda quando as circunstâncias não se mostrem favoráveis a isso. Passemos à leitura:

RESGUARDA-TE EM PAZ

Joanna de Ângelis (espírito). Psicografia de Divaldo Franco.
Do site “O Espiritismo

“Não te permeies com os fluidos deletérios dos enfermos psíquicos, ingratos e perniciosos, que vivem contigo e te buscam perturbar.

Tem-nos na conta em que se encontram e exercita paciência para com eles.

Não te aflijas face às acusações insensatas e despeitadas que outros te fazem, ante a impossibilidade de alcançarem-te e caminharem ao teu lado.

A tua vitória não pode ser perturbada pelas insignificâncias do caminho.

Não revides as agressões mentais com que investem contra ti.

Permanece em calma e amortece o dardo que dispararam, fazendo-o desagregar-se ao atingir o algodão da tua sensibilidade.

Não reivindiques compreensão nunca.

Quem alcança as alturas vê melhor e tem o dever de desculpar aqueles que ainda estão no vale em sombras.

A tua paz é de relevância, e para mantê-la investe os teus valores mais altos.

Paz é conquista interior.

Paz é iluminação interna.

Paz é presença divina no indivíduo.

Resguarda-te, pois, em paz e deixa o tempo transcorrer, porquanto ele conseguirá fazer amanhã o que hoje te parece impossível conseguir.

Jesus, na montanha das Bem-aventuranças, ou no Getsémani, ou no Gólgota, manteve a mesma paz, em razão da certeza de saber que Deus estava com Ele, e, por conseqüência, Ele estava com Deus.

Paz é Deus na mente e no coração.”

Joanna de Ângelis nos ensina, na mensagem acima, que a paz “é conquista interior”, é exercício constante, é disciplina espiritual a que nos devemos submeter, para o nosso próprio bem.

Para sermos bem sucedidos nesse exercício de conquista da pacificação interior, inabalável diante dos acontecimentos externos, devemos nos fortalecer com os recursos da paciência e da fé. O texto em discussão destaca a relevância dessas virtudes quando afirma que devemos deixar “o tempo transcorrer, porquanto ele conseguirá fazer amanhã o que hoje te parece impossível conseguir” e citando que Jesus “manteve a mesma paz, em razão da certeza de saber que Deus estava com Ele, e, por conseqüência, Ele estava com Deus.”.

Vivamos a alegria, portanto, de aproximarmo-nos de Deus, a cada dia mais, mediante o nosso trabalho de aperfeiçoamento e conquista da paz em nós mesmos.

Que Deus abençoe grandemente a todos vocês e a suas famílias.

Paz e luz!

Abraços fraternos,

Euzébia Noleto.


Acesso rápido:

Twitter do blog | Facebook do blog | Artigo desta SemanaEstudos Doutrinários |

Vídeos | Áudio | Papéis de Parede | Fale Conosco | Blog Meditando |

***

Boletim mensal Espiritualidade no Cotidiano

Ano V – Número 53 – MAIO 2013

Espiritualidade no Cotidiano é uma publicação mensal destinada aos leitores registrados no site www.euzebianoleto.com.br.

Agradecemos sua visita ao site. Paz e luz!

Anúncios

O silêncio

Meimei. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “Caminhos de Luz“.

O silêncio ajuda sempre:

Quando ouvimos palavras infelizes.
Quando alguém está irritado.
Quando a maledicência nos procura.
Quando a ofensa nos golpeia.
Quando alguém se encoleriza.
Quando a crítica nos fere.
Quando escutamos a calúnia.
Quando a ignorância nos acusa.
Quando o orgulho nos humilha.
Quando a vaidade nos provoca.

O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera o tempo.

Depressões

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “O Espiritismo

Se trazes o espírito agoniado por sensações depressivas, concede ligeira pausa a ti mesmo, no capítulo das próprias aflições, a fim de raciocinar.

Se alguém te ofendeu, desculpa.

Se feriste alguém, reconsidera a própria atitude .

Contratempos do mundo estarão constantemente no mundo, onde estiveres.

Parentes difíceis repontam de todo núcleo familiar.

Trabalho é a lei do Universo.

Disciplina é alicerce da educação.

Circunstâncias constrangedoras assemelham-se a nuvens que aparecem no firmamento de qualquer clima.

Imcompreensões com relação a caminho e decisões que se adotem são empeços e desafios, na experiência de quantos desejem equilíbrio e trabalho.

Agradar a todos, ao mesmo tempo, é realização imposível.

Separações e renovações representam imperativos inevitáveis do progresso espiritual.

Mudanças equivalem a tratamento da alma, para os ajustes e reajustes necessários à vida.

Conflitos íntimos marcam toda criatura que aspire a elevar-se.

Fracassos de hoje são lições para os acertos de amanhã.

Problemas enxameiam a existência de todos aqueles que não se acomodam com estagnação.

Compreendendo a realidade de toda a pessoa que anseie por felicidade e paz, aperfeiçoamento e renovação, toda vez que sugestões de desânimo nos visitem a alma, retifiquemos em nós o que deva ser corrigido e, abraçando o trabalho que a vida nos deu a realizar, prossigamos à frente.

Disseram

Mensagem de Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.

Do site do Instituto André Luiz.

Disseram:

– que não vencerás em teus empreendimentos;

– que o teu doente querido está no clima da morte;

– que atravessarás longa noite de provações;

– que não mais encontrarás o trabalho que mais desejas;

– que não te recuperarás de certas perdas sofridas;

– que não realizarás os sonhos que acalentas;

– que os entes amados distantes de ti nunca mais te voltarão ao convívio;

– que o desgaste do corpo físico não mais te permitirá as realizações que tanto almejas;

– que, por essa ou aquela falta, andarás sobre a Terra constantemente sobre pedras e espinhos.

Tudo isso disseram…

Entretanto, continua agindo e servindo, orando e esperando, porque as opiniões de Deus são diferentes.

Ansiedades

dsc060291

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.
Mensagem do site “Caminhos de Luz“.

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem o cuidado de vós.” – I Pedro, 5:7.

As ansiedades armam muitos crimes e jamais edificam algo de útil na Terra.

Invariavelmente, o homem precipitado conta com todas as probabilidades contra si.

Opondo-se às inquietações angustiosas, falam as lições de paciência da Natureza, em todos os setores do caminho humano.

Se o homem nascesse para andar ansioso, seria dizer que veio ao mundo, não na categoria de trabalhador em tarefa santificante, mas por desesperado sem remissão.

Se a criatura refletisse mais sensatamente, reconheceria o conteúdo de serviço que os momentos de cada dia lhe podem oferecer e saberia vigiar, com acentuado valor, os patrimônios próprios.

Indubitavelmente que as paisagens se modificarão, incessantemente, compelindo-nos a enfrentar surpresas desagradáveis, decorrentes de nossa atitude inadequada, na alegria ou na dor; contudo, representa impositivo da lei a nossa obrigação de prosseguir diariamente, na direção do bem.

A ansiedade tentará violentar corações generosos, porque as estradas terrenas desdobram muitos ângulos obscuros e problemas de solução difícil; entretanto, não nos esqueçamos da receita de Pedro.

Lança as inquietudes sobre as tuas esperanças em Nosso Pai Celestial, porque o Divino Amor cogita do bem-estar de todos nós.

Justo é desejar, firmemente, a vitória da luz, buscar a paz com perseverança, disciplinar-se para a união com os planos superiores, insistir por sintonizar-se com as esferas mais altas. Não olvides, porém, que a ansiedade precede sempre a ação de cair.

Deus sabe

Joanna de Ângelis. Psicografia de Divaldo Franco.

Do site da Federação Espírita do Paraná.

Há momentos muito difíceis, que parecem insuperáveis, enriquecidos de problemas e dores que se prolongam, intermináveis, ignorados pelos mais próximos afetos, mas que Deus sabe.

Muitas vezes te sentirás à borda de precipícios profundos, em desespero, e por todos abandonado. No entanto, não te encontrarás a sós, porque, no teu suplício, Deus sabe o que te acontece.

Injustiçado, e sob o estigma de calúnias destruidoras, quando, experimentando incomum angústia, estás a ponto de desertar da luta, confia mais um pouco, e espera, porque Deus sabe a razão do que te ocorre.

Vitimado por cruel surpresa do destino, que te impossibilita levar adiante os planos bem formulados, não te rebeles, entregando-te à desesperação, porque Deus sabe que assim é melhor para ti.

Crucificado nas traves ocultas de enfermidade pertinaz, cuja causa ninguém detecta, a fim de minimizar-lhe as conseqüências, ora e aguarda ainda um pouco, porque Deus sabe que ela vem para tua felicidade.

Deus sabe tudo!

Basta que te deixes conduzir por Ele, e sintonizando com a Sua misericórdia e sabedoria, busca realizar o melhor, assinalando o teu caminho com as pegadas de luz, características de quem se entregou a Deus e em Deus progride.