Adversários

adversarios

É natural que você faça invejosos, mas não inimigos.

André Luiz

Queridos amigos,

O alerta de André Luiz sobre invejosos e inimigos que reproduzi acima é muito pertinente. É natural a existência daqueles que ainda sentem inveja e, com isso, veem no próximo um antagonista.

Porém, os inimigos normalmente surgem da nossa própria falta de tato, da nossa falta de preparo cristão para lidar com os invejosos.

Assim, vejamos, na mensagem a seguir, qual o modo cristão de lidar com aqueles que ainda preferem a angústia e a inquietação constante da inimizade às alegrias do companheirismo e auxílio mútuo.

Tenham uma maravilhosa e abençoada semana!

Até breve, se Deus quiser!

Abraços fraternos,

A Equipe do blog Espiritismo no Cotidiano

Antagonistas

O adversário em quem você julga encontrar um modelo de perversidade talvez seja apenas um doente necessitado de compreensão.

Reconhecemos o fato de que, muitas vezes, a pessoa se nos torna indigna simplesmente por não nos adotar os pontos de vista.

Nunca despreze o opositor, por mais ínfimo que pareça.

Respeitamos o inimigo, porque é possível seja ele portador de verdades que ainda desconhecemos, até mesmo em relação a nós.

Se alguém feriu a você, perdoe imediatamente, frustrando o mal no nascedouro.

A crítica dos outros só poderá trazer-lhe prejuízo se você consentir.

A melhor maneira de aprender a desculpar os erros alheios é reconhecer que também somos humanos, capazes de errar talvez ainda mais desastradamente que os outros.

O adversário, antes de tudo, deve ser entendido por irmão que se caracteriza por opiniões diferentes das nossas.

Deixe os outros viverem a sua própria vida e eles deixarão você viver a existência de sua própria escolha.

Quanto mais avança, a ciência médica mais compreende que o ódio em forma de vingança, condenação, ressentimento, inveja ou hostilidade está na raiz de numerosas doenças e que o único remédio eficaz contra semelhantes calamidades da alma é o específico do perdão no veículo do amor.

André Luiz. Psicografia de Chico Xavier.

Do site “Caminhos de Luz“.

Anúncios

Receita de Alegria

receita de alegria

Queridos amigos,

A “Receita de Alegria” a seguir reproduzida não é novidade em nosso blog, mas vale a pena ser repetida. A alegria é o combustível que nos permite ir além do cansaço do dia a dia e trabalhar cada vez mais e melhor, enriquecendo nossas vidas com serviço efetivamente útil.

É uma imensa alegria estar com vocês mais uma vez!

Desejo uma iluminada semana a vocês e suas famílias!

Abraços fraternos.

Receita de Alegria

Algumas receitas de alegria para qualquer ocasião:

1 – Apoiar os empreendimentos de auxílio à Humanidade, em particular àqueles que ainda não se encontram acessíveis ao entendimento geral.

2 – Garantir o trabalho das instituições de benemerência.

3 – Diminuir as necessidades materiais dos companheiros em provação ou penúria.

4 – Resolver o problema pecuniário de algum pai de família ou de mães sofredoras largadas em abandono.

5 – Resgatar os compromissos imediatos de algum doente em situação de infortúnio.

6 – Visitar os obsidiados e socorrê-los, principalmente os mais esquecidos.

7 – Oferecer um lanche fraterno ou alguns momentos de felicidade aos irmãos internados em casas de reeducação ou recolhidos a organizações assistenciais.

8 – Atenuar as privações das crianças desprotegidas, quando não pudermos suprimir de todo semelhantes dificuldades.

9 – Distribuir páginas edificantes, favorecendo a esperança e o consolo, o esclarecimento e a compreensão entre as criaturas.

10 – Tanto quanto se nos faça possível, efetuarmos demonstrações de tolerância e humildade, perante aqueles com quem ainda não nos harmonizamos, no caminho da vida, notadamente aqueles que nos sejam menos simpáticos ou que se nos erigem na estrada em motivos de preocupação.

MODO DE USAR: Refletir nas bençãos que recebemos, incessantemente, do Amor Ilimitado do Cristo; assumir a iniciativa do Bem; agir em silêncio, e atender às prestações de serviço, com tanta discrição e naturalidade, que os beneficiários não estejam constrangidos a nos testemunhar o menor agradecimento.

Albino Teixeira. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “Caminhos de Luz“.

Informativo Divulgação Espírita – Espiritismo no Cotidiano – Agosto 2015 – nº. 80

Para cadastrar-se e receber os informativos mensalmente em seu e-mail, clique aqui »

Para ler os informativos anteriores, clique aqui »

mailing enc

ESPIRITISMO NO COTIDIANO

nº. 80 – Agosto 2015

Boletim informativo destinado aos leitores registrados no site www.espiritismonocotidiano.com 

Endereço alternativo: https://espiritismonocotidiano.wordpress.com

Estudos Doutrinários Doutrina Espírita CristãCulto Cristão no LarAs Obras Básicas

“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”

Jesus

***

“E em qualquer circunstância, não te entregues ao desalento nem ao medo, não engrossando as massas desgovernadas, convicto de que Jesus, o Governador Amorável da Terra, está vigilante, no entanto, conta contigo para a obra do bem geral”

Joanna de Ângelis

***

“A compreensão é força que instala no seu coração a luz da tranqüilidade”

Scheilla

***

“És filho de Deus, cujo amor inunda o universo e se encontra presente nas fibras mais íntimas do teu ser.

Por isso, nada te deve atemorizar ou afligir demasiadamente.”

Joanna de Ângelis

Queridos amigos,

Como temos utilizado a nossa bênção da fala? Temos utilizado nossas palavras para construir ou destruir?

Em um primeiro momento, podemos acreditar que nossa fala está limpa. Essa impressão resiste a uma análise mais detalhada do que temos dito, do que temos compartilhado?

Caso a resposta seja negativa, necessitamos verificar como andam nossos pensamentos. É deles que procede tudo o que falamos, o que compartilhamos, e é neles que devemos trabalhar para tornar nossa fala um instrumento de paz e positividade.

Lembremo-nos sempre do que ensinou Jesus:

“O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.” (Mateus 15:11)

A LÍNGUA

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier. Da obra “Pão Nosso”. Do site Testamento Xaveriano.

A desídia das criaturas justifica as amargas considerações de Tiago, em sua epístola aos companheiros.

O início de todas as hecatombes no Planeta localiza-se, quase sempre, no mau uso da língua.

Ela está posta, entre os membros, qual leme de embarcação poderosa, segundo lembra o grande apóstolo de Jerusalém.

Em sua potencialidade, permanecem sagrados recursos de criar, tanto quanto o leme de proporções reduzidas foi instalado para conduzir.

A língua detém a centelha divina do verbo, mas o homem, de modo geral, costuma desviá-la de sua função edificante, situando-a no pântano de cogitações subalternas e, por isto mesmo, vemo-la à frente de quase todos os desvarios da humanidade sofredora, cristalizada em propósitos mesquinhos, à míngua de humildade e amor.

Nasce a guerra da linguagem dos interesses criminosos, insatisfeitos. As grandes tragédias sociais se originam, em muitas ocasiões, da conversação dos sentimentos inferiores.

Poucas vezes a língua do homem há consolado e edificado os seus irmãos; reconheçamos, porém, que a sua disposição é sempre ativa para excitar, disputar, deprimir, enxovalhar, acusar e ferir desapiedadamente.

O discípulo sincero encontra nos apontamentos de Tiago uma tese brilhante para todas as suas experiências. E, quando chegue a noite de cada dia, é justo interrogue a si mesmo: — “Terei hoje utilizado a minha língua, como Jesus utilizou a dele?”

Esperando sinceramente que este informativo tenha proporcionado momentos de reflexão útil para o nosso aperfeiçoamento, desejo a vocês e a suas famílias muita saúde, muita paz, muita alegria e muita harmonia.

Paz e luz!

Abraços fraternos,

Euzébia Noleto

Acesso rápido:

Twitter do blog | Facebook do blog | Artigo desta SemanaEstudos Doutrinários |

Vídeos | Áudio |  Fale Conosco |

***

Boletim mensal Espiritismo no Cotidiano

Ano VII – Número 80 – Agosto 2015

Espiritismo no Cotidiano é uma publicação mensal destinada aos leitores registrados no site www.espiritismonocotidiano.com.

Agradecemos sua visita ao site. Paz e luz!