Gestos simples

Não te proclames inútil
Porque te falte vintém.
O amor espontâneo e puro
É a fonte de todo o bem.

Se o desejo de ajudar
É a força com que te afinas,
Resguarda-te na humildade,
Olha as coisas pequeninas.

Toda delonga no auxílio
É como luz que se atrasa;
Na exaltação do melhor,
Começa da própria casa.

À queixa dos entes caros,
Traze a bênção da esperança:
Suporta com paciência
O choro de uma criança.

Se um parente vive errado,
Dá-lhe à vida, estranha e louca,
A prece no sentimento
E a caridade na boca.

Lava o prato que te serve,
Compõe a roupa da mesa,
Toma a vassoura e protege
A formação da limpeza.

Na indiferença da rua,
Por mais pressa em teu caminho,
Estende o braço ao enfermo
Que segue triste e sozinho.

Atravessando a calçada,
Coopera em favor do asseio
E desloca todo entrave
Que perturbe o passo alheio.

Estira a semente amiga
No extenso lençol do chão,
Envolvendo a própria estrada
Em vida, perfume e pão.

Articula, onde estiveres,
Verbo doce e cristalino.
Duas frases de bondade
Elevam qualquer destino.

Não olvides que Jesus,
O Mestre da Redenção,
Trouxe a luz do Céu à Terra
No ouro do coração.

Casimiro Cunha. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “Caminhos de Luz“.

Sem adversários

“Se crês em Deus, nunca te perderás no labirinto da revolta ou da desesperação, ante golpes e injúrias que se te projetem na estrada, porquanto interpretarás ofensores e delinquentes, na condição de infelizes, muito mais necessitados de bondade e proteção que de fel e censura.

Se crês em Deus, jornadearás na Terra sem adversários, de vez que, por mais que se multipliquem na senda aqueles que te agridam ou menosprezam, aceitarás inimigos e opositores, à conta de irmãos nossos, situados em diferentes pontos de vista.”

Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Da obra “Coragem”, editora FEB. 

Servicinhos

Queridos amigos,

A todos aqueles que pensarem ser necessário ter riqueza para auxiliar os outros, ou que é preciso chegar a postos de influência para fazer o Bem, convidamos à leitura desta mensagem.

Que sua semana seja iluminada!

Paz e luz,

A Equipe do blog Espiritismo no Cotidiano.

SERVICINHOS

“Antes sede uns para com os outros benignos.” – Paulo (EFÉSIOS, 4:32.)

Grande massa de aprendizes queixa-se, por vezes, da ausência de grandes oportunidades nos serviços do mundo.

Aqui, é alguém desgostoso por não haver obtido um cargo de alta relevância; além, é um irmão inquieto porque ainda não conseguiu situar o nome na grande imprensa.

A maioria anda esquecida do valor dos pequenos trabalhos que se traduzem, habitualmente, num gesto de boas maneiras, num sorriso fraterno e consolador . ..

Um copo de água pura, o silêncio ante o mal que não comporta esclarecimentos imediatos, um livro santificante que se dá com amor, uma sentença carinhosa, o transporte de um fardo pequenino, a sugestão do bem, a tolerância em face de uma conversação fastidiosa, os favores gratuitos de alguns vinténs, a dádiva espontânea ainda que humilde, a gentileza natural, constituem serviços de grande valor que raras pessoas tomam à justa consideração.

Que importa a cegueira de quem recebe? Que poderá significar a malevolência das criaturas ingratas, diante do impulso afetivo dos bons corações? Quantas vezes, em outro tempo, fomos igualmente cegos e perversos para com o Cristo, que nos tem dispensado todos os obséquios, grandes e pequenos?

Não te mortifiques pela obtenção do ensejo de aparecer nos cartazes enormes do mundo. Isso pode traduzir muita dificuldade e perturbação para teu espírito, agora e depois.

Sê benevolente para com aqueles que te rodeiam.

Não menosprezes os servicinhos úteis.

Neles repousa o bem-estar do caminho diário para quantos se congregam na experiência humana.

Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Do site “Caminhos de Luz“.

Sempre mais

Observai a natureza e compreendereis a lição evangélica do “sempre mais”

Quanto mais se humilha a fonte nas profundezas do solo, mais recebe os fios d’água, transformando-se em grande rio.

Quanto mais se ajusta o combustível, mais se alastra o fogo devastador.

Quanto mais se demora o lodo no chão, mais se estende ao derredor.

Assim também, no campo de nossa vida moral, teremos sempre daquilo que produzimos.

Comfiemo-nos à leve sombra de tristeza e, a breve tempo, padeceremos infinito desânimo.

Fujamos à fraternidade e a solidão viverá conosco.

Rendamo-nos às tentações de rebeldia e a cólera explodirá, por dinamite invisível da morte, em nosso veículo de manifestação.

Neguemos entrada ao amor em nossa alma e o ódio cristalizar-se-á, violento, em nosso mundo íntimo.

Adiemos o nosso aprendizado para o futuro e, amanhã, nossa ignorância se fará mais pesada.

Fixemos os defeitos do próximo e acordaremos no espinheiro da maledicência.

Um gesto de simpatia convocará a solidariedade em nosso favor.

Estendamos a luz da boa vontade a alguém e o auxílio de minutos virá em nosso encontro.

Tudo é sintonia no Universo.

Tudo se encadeia na vida, segundo as origens dos nossos sentimentos, ideias, palavras e ações.

Não te esqueças de que a Lei te conferirá, em dobro e “sempre mais”, de acordo com aquilo que desejas e produzes.

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier. Do blog “Bete – Mensagem do Dia“.

Incompreensão

incompreensao emmanuel fonte viva chico xavier 23146451885_4c3bf476dc_z

Mensagem de Emmanuel, psicografada por Chico Xavier. Obra: Fonte Viva. Do site da FEB.

“Fiz-me fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos para, por todos os meios, chegar a salvar alguns.” – Paulo. (1ª Epístola aos Coríntios, 9:22.)

A incompreensão, indiscutivelmente, é assim como a treva perante a luz, entretanto, se a vocação da claridade te assinala o íntimo, prossegue combatendo as sombras, nos menores recantos de teu caminho.

Não te esqueças, porém, da lei do auxílio e observa-lhe os princípios, antes da ação.

Descer para ajudar é a arte divina de quantos alcançaram conscienciosamente a vida mais alta.

A luz ofuscante produz a cegueira.

Se as estrelas da sabedoria e do amor te povoam o coração, não humilhes quem passa sob o nevoeiro da ignorância e da maldade.

Gradua as manifestações de ti mesmo para que o teu socorro não se faça destrutivo.

Se a chuva alagasse indefinidamente o deserto, a pretexto de saciar-lhe a sede, e se o Sol queimasse o lago, sem medida, com a desculpa de subtrair-lhe o barro úmido, nunca teríamos clima adequado à produção de utilidades para a vida.

Não te faças demasiado superior diante dos inferiores ou excessivamente forte perante os fracos.

Das escolas não se ausentam todos os aprendizes, habilitados em massa, e sim alguns poucos cada ano.

Toda mordomia reclama noção de responsabilidade, mas exige também o senso das proporções.

Conserva a energia construtiva do exemplo respeitável, mas não olvides que a ciência de ensinar só triunfa integralmente no orientador que sabe amparar, esperar e repetir.

Não clames, pois, contra a incompreensão, usando inquietude e desencanto, vinagre e fel.

Há méritos celestiais naquele que desce ao pântano sem contaminar-se, na tarefa de salvação e reajustamento.

O bolo de matéria densa reveste-se de lodo, quando arremessado ao poço lamacento, todavia, o raio de luz visita as entranhas do abismo e dele se retira sem alterar-se.

Que seria de nós se Jesus não houvesse apagado a própria claridade, fazendo-se à semelhança de nossa fraqueza, para que lhe testemunhássemos a missão redentora? Aprendamos com ele a descer, auxiliando sem prejuízo de nós mesmos.

E, nesse sentido, não podemos esquecer a expressiva declaração de Paulo de Tarso quando afirma que, para a vitória do bem, se fez fraco para os fracos, fazendo-se tudo para todos, a fim de, por todos os meios, chegar a erguer alguns.

Anotações de paz

Queridos amigos,

Espero que vocês tenham tido um excelente fim de semana.

A mensagem a seguir traz pequenas sugestões, em forma de breves notas, sobre atitudes muito importantes para a manutenção da paz.

Talvez alguém considere que nada exposto a seguir é conhecimento novo; mas a nossa posição de imperfeição exige que nos relembremos constantemente desse tipo de aconselhamento.

Estudar sempre para não esquecer e agir melhor: é disso que necessitamos.

Tenham uma abençoada semana!

Paz e luz!

Abraços fraternos,

A Equipe do blog Espiritismo no Cotidiano

ANOTAÇÕES DE PAZ

Ninguém adquire paz sem aceitar a luta incessante pela segurança do bem.

Felicidade é o outro nome da consciência tranquila.

Trabalho é capital que não se desvaloriza.

Muito difícil amparar a multidão, quando não se aprende a ser útil na própria casa.

Estudo é aquisição de responsabilidade.

Quem não perdoa carrega peso desnecessário.

Azedume é o caminho para a solidão.

Observar tudo que se vê, assinalar os erros e corrigi-los, em cada um de nós, por nossa própria conta.

Admitir que é muito difícil lidar com os outros mas cultivar a obrigação de auxiliar aos outros, quanto nos seja possível, sem nunca afastar-nos dos outros e reconhecer que sem os outros nenhum de nós seguirá para frente.

André Luiz. Psicografia de Chico Xavier.

Do site “Caminhos de Luz

Não desanime

Queridos amigos,

Espero que todos tenham tido um feriado de paz e alegria.

Compartilho com vocês a mensagem a seguir como uma dose de ânimo para o retorno ao trabalho e às lutas do cotidiano.

Paz e luz!

Abraços fraternos,

A Equipe do blog Espiritismo no Cotidiano

Quando você se observar, à beira do desânimo, acelere o passo para frente, proibindo-se parar.

Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras.

Faça algo de bom, além do cansaço em que se veja.

Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de idéias.

Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual.

Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos.

Preste um favor, especialmente aquele favor que você esteja adiando.

Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas.

Atenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam qualquer demora nas nuvens do desalento.

Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante, através de problemas e lutas, na aquisição de experiência, e de que a vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças, mas não se acomoda com a inércia em momento algum.

André Luiz. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “Mensagem Espírita“.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Adversários

adversarios

É natural que você faça invejosos, mas não inimigos.

André Luiz

Queridos amigos,

O alerta de André Luiz sobre invejosos e inimigos que reproduzi acima é muito pertinente. É natural a existência daqueles que ainda sentem inveja e, com isso, veem no próximo um antagonista.

Porém, os inimigos normalmente surgem da nossa própria falta de tato, da nossa falta de preparo cristão para lidar com os invejosos.

Assim, vejamos, na mensagem a seguir, qual o modo cristão de lidar com aqueles que ainda preferem a angústia e a inquietação constante da inimizade às alegrias do companheirismo e auxílio mútuo.

Tenham uma maravilhosa e abençoada semana!

Até breve, se Deus quiser!

Abraços fraternos,

A Equipe do blog Espiritismo no Cotidiano

Antagonistas

O adversário em quem você julga encontrar um modelo de perversidade talvez seja apenas um doente necessitado de compreensão.

Reconhecemos o fato de que, muitas vezes, a pessoa se nos torna indigna simplesmente por não nos adotar os pontos de vista.

Nunca despreze o opositor, por mais ínfimo que pareça.

Respeitamos o inimigo, porque é possível seja ele portador de verdades que ainda desconhecemos, até mesmo em relação a nós.

Se alguém feriu a você, perdoe imediatamente, frustrando o mal no nascedouro.

A crítica dos outros só poderá trazer-lhe prejuízo se você consentir.

A melhor maneira de aprender a desculpar os erros alheios é reconhecer que também somos humanos, capazes de errar talvez ainda mais desastradamente que os outros.

O adversário, antes de tudo, deve ser entendido por irmão que se caracteriza por opiniões diferentes das nossas.

Deixe os outros viverem a sua própria vida e eles deixarão você viver a existência de sua própria escolha.

Quanto mais avança, a ciência médica mais compreende que o ódio em forma de vingança, condenação, ressentimento, inveja ou hostilidade está na raiz de numerosas doenças e que o único remédio eficaz contra semelhantes calamidades da alma é o específico do perdão no veículo do amor.

André Luiz. Psicografia de Chico Xavier.

Do site “Caminhos de Luz“.

Receita de Alegria

receita de alegria

Queridos amigos,

A “Receita de Alegria” a seguir reproduzida não é novidade em nosso blog, mas vale a pena ser repetida. A alegria é o combustível que nos permite ir além do cansaço do dia a dia e trabalhar cada vez mais e melhor, enriquecendo nossas vidas com serviço efetivamente útil.

É uma imensa alegria estar com vocês mais uma vez!

Desejo uma iluminada semana a vocês e suas famílias!

Abraços fraternos.

Receita de Alegria

Algumas receitas de alegria para qualquer ocasião:

1 – Apoiar os empreendimentos de auxílio à Humanidade, em particular àqueles que ainda não se encontram acessíveis ao entendimento geral.

2 – Garantir o trabalho das instituições de benemerência.

3 – Diminuir as necessidades materiais dos companheiros em provação ou penúria.

4 – Resolver o problema pecuniário de algum pai de família ou de mães sofredoras largadas em abandono.

5 – Resgatar os compromissos imediatos de algum doente em situação de infortúnio.

6 – Visitar os obsidiados e socorrê-los, principalmente os mais esquecidos.

7 – Oferecer um lanche fraterno ou alguns momentos de felicidade aos irmãos internados em casas de reeducação ou recolhidos a organizações assistenciais.

8 – Atenuar as privações das crianças desprotegidas, quando não pudermos suprimir de todo semelhantes dificuldades.

9 – Distribuir páginas edificantes, favorecendo a esperança e o consolo, o esclarecimento e a compreensão entre as criaturas.

10 – Tanto quanto se nos faça possível, efetuarmos demonstrações de tolerância e humildade, perante aqueles com quem ainda não nos harmonizamos, no caminho da vida, notadamente aqueles que nos sejam menos simpáticos ou que se nos erigem na estrada em motivos de preocupação.

MODO DE USAR: Refletir nas bençãos que recebemos, incessantemente, do Amor Ilimitado do Cristo; assumir a iniciativa do Bem; agir em silêncio, e atender às prestações de serviço, com tanta discrição e naturalidade, que os beneficiários não estejam constrangidos a nos testemunhar o menor agradecimento.

Albino Teixeira. Psicografia de Chico Xavier.
Do site “Caminhos de Luz“.

Irmãos solitários

joli espiritismo no cotidiano irmaos solitarios

Pensa nos companheiros
Presos à solidão.

Muita gente se fecha
A fim de mostrar-se.

Outro busca esconder
Os fardos que carrega.

Alguns são agressivos
Para não serem vistos.

Ajuda quanto possas,
Aos irmãos solitários.

Ninguém encontra a sós
A estrada para Deus.

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.
Do lindo blog (e um dos meus favoritos) *RELIGARE* .